Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Ana Karolynne Goncalves

Priapismo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Gostou do post? Avalie!

Priapismo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento que todos devemos saber. Além disso, o Priapismo é uma ereção persistente e muitas vezes dolorosa que dura várias horas. A ereção não está necessariamente relacionada com estimulação sexual ou excitação, e não diminui após a ejaculação (quando o sêmen é liberado do pênis ). A ereção dura mais de quatro horas. Durante este tempo, o eixo do pênis é rígido e inflexível, mas a cabeça do pênis (a glande) geralmente é macia. O pênis também é geralmente doloroso ou macio.

Priapismo

O Priapismo é uma emergência médica – você deve procurar assistência médica imediata se você acha que o tem. Se não for tratado dentro de 24 horas, seu pênis pode estar permanentemente danificado e você pode ter dificuldades em obter uma ereção no futuro. Então, confira agora Priapismo – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento:

As Principais Causas da Priapismo: O Priapismo acontece quando o sangue que enche o tecido esponjoso do pênis durante uma ereção é incapaz de fluir para fora do pênis . Qualquer coisa que afeta o sistema nervoso ou o fluxo sanguíneo (ou ambos) pode desencadear o Priapismo. Pode ocorrer, por exemplo, como uma complicação da anemia falciforme (Uma desordem genética do sangue), ou como um efeito colateral raro de vários outros medicamentos, como agentes antipsicóticos ou anticoagulantes.

Os Principais Sintomas do Priapismo: Para entender os sintomas do Priapismo, é preciso saber que existem dois tipos diferentes da doenças. O primeiro deles, é o Priapismo isquêmico, que se caracteriza pelo baixo fluxo sanguíneo, e o segundo é o Priapismo não-isquêmico, caracterizado pelo alto fluxo arterial. Cada um dos tipos de Priapismo tem sua própria série de sintomas.

Priapismo isquêmico: esse tipo ocorre quando o sangue que vai para o pênis e gera a ereção é incapaz de sair de lá. Seus sintomas incluem a ereção prolongada e dolorosa no homem, podendo durar mais de 4 horas. Outro sintoma desse tipo de Priapismo está no fato de que o pênis fica completamente duro com exceção da cabeça, que permanece mole.

Priapismo não-isquêmico: já Priapismo não-isquêmico acontece quando uma quantidade excessiva de sangue vai para o pênis para formar a ereção. Esse é o tipo menos comum entre os dois, ele costuma ser o resultado de alguma lesão durante a penetração e não é acompanhado de dores como o Priapismo isquêmico.

Tratando do Priapismo: O tratamento para o Priapismo dependerá do tipo de Priapismo que você possui. O Priapismo elevado no sangue (não isquêmico) pode não precisar de tratamento. Alguns casos ficam melhores sozinhos após algumas horas. Se você tiver ferido sua área genital, e você tem uma ereção dolorosa e persistente, procure assistência médica imediata do departamento de acidentes e emergências (A & E) mais próximo . Se não for tratado dentro de 24 horas, você pode ter dificuldades em obter uma ereção no futuro.

Você pode precisar de cirurgia para impedir temporariamente o fluxo de sangue em seu pênis (veja abaixo). Se você for diagnosticado com Priapismo de baixo fluxo sanguíneo (isquêmico), ou tenha um episódio de Priapismo recorrente (gagueira), recomenda-se a aspiração ou as injeções simpaticomiméticas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.