Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Ana Karolynne Goncalves

Osteopetrose – O que é, Causas e Tratamentos

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Osteopetrose – O que é, Causas e Tratamentos
5 (100%) 1 vote[s]

Osteopetrose – O que é, Causas e Tratamentos. Além disso, a Osteopetrose é uma doença rara, caracterizada pelo aumento generalizado da densidade óssea. A Osteopetrose tem como característica principal, a reabsorção osteoclástica defeituosa, resultando no acúmulo de massa óssea. Com a Osteopetrose pode ocorrer retardo do crescimento, desnutrição progressiva, anemia e caquexia.

OsteopetroseA Osteopetrose é dividida em duas formas:

  • A Osteopetrose Adulta Benigna, de transmissão autossômica dominante;
  • Osteopetrose Infantil Maligna, de transmissão autossômica recessiva.

Sintomas da Osteopetrose: Os sintomas da Osteopetrose podem variar de acordo com o tipo de Osteopetrose do paciente, sendo que os sintomas são mais severos na forma da Osteopetrose Infantil Maligna.

  • Perda De Visão.
  • Dilatação – Baço.
  • Infecções (Recorrente).
  • Anemia.
  • Deformação.
  • Crescimento Lento.
  • Fragilidade – Osso.
  • Perda Auditiva.
  • Paralisia.
  • Deformação – Cabeça.
  • Malformação – Dentes.
  • Dores De Cabeça.
  • Dor.
  • Dilatação – Fígado.

Causas da Osteopetrose: A Osteopetrose é causada por defeitos em um ou mais genes responsáveis pela formação e desenvolvimento de osteoclastos, que são as células que removem o tecido ósseo antigo e o substituem por um novo e saudável.

Dependendo da origem dos genes alterados, o tipo de Osteopetrose pode variar:

  • Osteopetrose Infantil Maligna: a criança apresenta a doença desde o nascimento devido a defeitos nos genes herdados do pai e da mãe;
  • Osteopetrose Adulta Benigna: a osteopetrose só é diagnosticada na adolescência ou na vida adulta, sendo provocada por genes alterados herdados de apenas do pai ou da mãe.

No caso da Osteopetrose adulta a alteração dos genes também pode ser provocada por uma mutação, sem ser necessário herdar a alteração dos pais.

OsteopetroseTratamento Para Osteopetrose: O tratamento para Osteopetrose, que é uma doença congênita que provoca o desenvolvimento de ossos muito densos e quebradiços, deve ser orientado por uma equipe de vários profissionais de saúde, como um pediatra, um ortopedista, um hematologista, um endocrinologista e um fisioterapeuta, por exemplo.

Geralmente, o tratamento para Osteopetrose varia de acordo com o tipo da doença sendo que no caso de crianças com Osteopetrose Infantil Maligna o tratamento mais eficaz consiste no transplante de medula óssea.

Porém, outros tratamentos que podem ser utilizados em crianças e adultos com Osteopetrose incluem:

  • Injeções com Interferon gama-1b, que é um remédio capaz de atrasar o desenvolvimento da Osteopetrose;
  • Ingestão de Calcitriol, que é uma forma ativa da vitamina D que ajuda a estimular as células dos ossos para que se desenvolvam normalmente e reduzam a densidade do osso;
  • Ingestão de Prednisona, que é um hormônio semelhante à cortisona que pode melhorar a produção de células de defesa do organismo, que são produzidas nos ossos;
  • Sessões de fisioterapia, pois melhoram a capacidade física do paciente com Osteopetrose, ajudando a prevenir fraturas nos ossos e a melhorar a independência em algumas atividades diárias.

O médico também pode aconselhar consultar um nutricionista para adaptar a dieta de forma a incluir alimentos que ajudem facilitem o desenvolvimento corporal e dos ossos, especialmente durante a infância.

Obs: É importante fazer consultas regulares no oftalmologista, otorrinolaringologista e dentista para avaliar o desenvolvimento e o possível surgimento de algumas lesões ou malformações nos olhos, dentes, nariz, ouvidos e garganta, por exemplo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.