Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Leandro Almeida

Os 9 Principais Sintomas de Melanoma!

Revisado por

Graduado em Nutrição!

Especialista do Dicas de Musculação

Gostou do post? Avalie!

Os Principais Sintomas de Melanoma que não devemos ignorar. Além do mais, o Melanoma, também conhecido como Melanoma maligno, é um tipo de câncer que se desenvolve a partir das células contendo pigmento conhecidas como melanócitos. Os melanomas geralmente ocorrem na pele, mas raramente podem ocorrer na boca, nos intestinos ou nos olhos. Nas mulheres, mais comumente ocorrem nas pernas, enquanto nos homens são mais comuns nas costas. Às vezes, eles se desenvolvem a partir de uma toupeira com mudanças relevantes, incluindo um aumento de tamanho, bordas irregulares, mudança de cor, coceira ou queda da pele. A principal causa de Melanoma é a exposição à luz ultravioleta (UV) naqueles com baixos níveis de pigmento da pele. A luz UV pode ser do sol ou de outras fontes, como os dispositivos de bronzeamento.

Os 9 Principais Sintomas de MelanomaCerca de 25% se desenvolvem a partir de moles. Aqueles com muitas toupeiras, um histórico de membros da família afetados e que têm má função imune correm maior risco. Uma série de defeitos genéticos raros, como xeroderma pigmentoso, também aumentam o risco. O diagnóstico é feito por biópsia de qualquer lesão cutânea relacionada.

Usar protetor solar e evitar a luz UV pode prevenir o Melanoma. O tratamento normalmente é removido por cirurgia. Naqueles com câncer levemente maior, os ganglios linfáticos próximos podem ser testados quanto à disseminação. A maioria das pessoas é curada se o spread não ocorreu. Para aqueles em quem o Melanoma se espalhou, imunoterapia, terapia biológica , radioterapia ou quimioterapia podem melhorar a sobrevivência.

Com o tratamento, as taxas de sobrevivência de cinco anos no brasil são 98% entre aqueles com doença localizada e 17% entre aqueles em quem a disseminação ocorreu. A probabilidade de que ele volte ou se espalhe depende da densidade do Melanoma, da rapidez com que as células estão se dividindo e se a pele subjacente se desprende ou não.

O Melanoma é o tipo mais perigoso de câncer de pele. Globalmente, em 2012, ocorreu recentemente em 232 mil pessoas. Em 2015, houve 3,1 milhões com doença ativa, o que resultou em 59.800 mortes. Austrália e Nova Zelândia têm as maiores taxas de Melanoma no mundo. Existem também taxas altas no norte da Europa e na América do Norte, embora seja menos comum na Ásia, África e América Latina. O Melanoma é mais comum nos homens do que nas mulheres. O Melanoma tornou-se mais comum desde a década de 1960 em áreas que são principalmente caucasianas.

Sintomas de Melanoma: O Melanoma varia muito na aparência. Alguns podem mostrar todas as alterações citadas, enquanto outros podem ter apenas uma ou duas características incomuns. Por isso, como regra geral, qualquer novo sinal na pele ou mudança em uma pinta/mancha que já existia deve servir de alerta para procurar um dermatologista.

É importante procurar um médico sempre que notar uma nova lesão, ou quando uma lesão antiga tiver algum tipo de modificação. Existe uma regra didática para os pacientes, chamada ABCD, cujo objetivo é reconhecer um câncer de pele em seu estágio inicial:

  • Assimetria: imagine uma divisão no meio da pinta e verifique se os dois lados são iguais. Se apresentarem diferenças deve ser investigado
  • Bordas irregulares: verifique se a borda está irregular, serrilhada, não uniforme
  • Cor: verificar se há várias cores misturadas em uma mesma pinta ou mancha
  • Diâmetro: veja se a pinta ou mancha está crescendo progressivamente.

Melanoma em um Sinal Existente: Sinais de Melanoma em um sinal existente incluem alterações na:

  • Elevação, como espessamento ou aumento de uma pinta anteriormente plana
  • Superfície, tais como oxidação, erosão, inchaço, sangramento ou crostas
  • Pele ao redor, tais como vermelhidão, inchaço ou pequenas novas manchas de cor em torno de uma lesão maior (pigmentações satélite)
  • Sensação, tais como coceira, formigamento, queimação ou dor
  • Consistência, como amolecimento ou pequenos pedaços que se quebram facilmente.

Muitas outras doenças da pele (tais como queratose seborreica, verrugas e carcinoma de células basais) tem características semelhantes às do Melanoma.

Sinais de Melanoma que se Espalhou: Os sintomas de que um Melanoma se espalhou (Melanoma metastático) podem ser vagos. Eles incluem nódulos linfáticos inchados, especialmente nas axilas ou virilhas, e uma protuberância incolor ou espessamento sob a pele.

Câncer de Pele x Melanoma: O câncer de pele comum nunca irá se tornar um Melanoma. Os cânceres são divididos em tipos justamente porque surgem de estruturas diferentes do corpo. O carcinoma espinocelular tem origem nas células epiteliais, o carcinoma basocelular tem origem nas células basais e o melanoma dos melanócitos (células que formam o pigmento).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Olá, meu nome é Leandro Cardoso de Almeida sou graduado no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) desde 2011 e Mestre em Nutrição Clínica pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, Portugal. Atualmente atendo em consultório particular no Brasil e atuo como editor no site Dicas de Musculação.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.