Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Valéria Carneiro

Os 7 Sintomas do Distúrbios do Sono!

Gostou do post? Avalie!

Os Sintomas do Distúrbios do Sono são variados, mais não podem ser ignorados. Além disso, o Distúrbios do Sono consistem nas dificuldades relacionadas ao sono. Os variados distúrbios do sono são extremamente comuns na população dita normal. O sono tem quatro fases, e cada uma delas é responsável por uma atividade diferente. Dificuldades em qualquer uma das fases do sono pode trazer prejuízos a curto e longo prazo.  Entenda como funciona cada fase do sono.

Os 7 Sintomas do Distúrbios do SonoDistúrbios do Sono Fase 1: Abrange 10% da noite. Nesta fase, ocorre a transição entre a vigília e o sono. Quando escurece, ocorre a liberação da melatonina no organismo, que induz a sonolência
Distúrbios do Sono Fase 2: Abrange 45% da noite. Na fase 2, diminuem os ritmos cardíaco e respiratório, os músculos relaxam e a temperatura corporal baixa. É a fase do sonho leve
Distúrbios do Sono Fase 3: Abrange 25% da noite. O corpo funciona mais lentamente e o metabolismo cai. O coração passa a bater em ritmo mais lento e a respiração também fica mais leve
Distúrbios do Sono Fase REM: Abrange 20% da noite. Esta é a fase do sono profundo. REM, em inglês, significa “Rapid Eye Movement” (movimento rápido dos olhos). É nesta fase em que ocorrem os sonhos, a pessoa tem descargas de adrenalina e há picos de batimentos cardíacos e pressão arterial.

Durante as três primeiras fases do sono, o corpo economiza energias, promove a restauração de tecidos, o aumento da massa muscular e libera o hormônio de crescimento. Já na fase REM, há a consolidação da memória e do aprendizado. Quando a pessoa está dormindo e é acordada, ela volta imediatamente à fase 1 do sono, comprometendo esse processo. Então, confira agora Os 7 Sintomas do Distúrbios do Sono.

Sintomas Para Distúrbios do Sono: Os sintomas do Distúrbios do Sono costumam variar muito de um distúrbio para o outro, como dificuldade para adormecer, no caso de insônia, ou comportamentos anormais durante o sono, como levantar da cama e caminhar, no caso de sonambulismo. entre outros sintomas do Distúrbios do Sono podemos citar:

Pernas Inquietas: Característica: O primeiro sintoma do Distúrbios do Sono é uma irresistível vontade de movimentar as pernas devido a sensações estranhas e desagradáveis que ocorrem principalmente à noite e quando o paciente se encontra em repouso.

Sonambulismo: Característica: sentar na cama e falar durante o sono, caminhar pelo quarto ou pela casa, andar de olhos abertos, ter dificuldade em ser acordado, não lembrar o episódio ao ser acordado, reagir de forma brusca, andar de braços estendidos também é outro sintoma do Distúrbios do Sono.

Insônia: Característica: é um sintoma do Distúrbios do Sono e não uma doença. Existem vários fatores que podem causar a insônia. Como exemplo é possível citar: má higiene do sono (incorreta programação consistindo de sono diurno freqüente, selecionando altamente variável hora de dormir ou subindo vezes, gastos excessivos montantes de tempo na cama; uso rotineiro de produtos contendo álcool, nicotina, cafeína ou, especialmente no período que antecede a hora de deitar;

contratação de estimulantes mentais, ativantes físicos, ou emocionalmente perturbadoras atividades muito perto da hora de dormir; uso freqüente da cama para outras atividades para além do sono (como assistir televisão, ler, estudar, merendas, pensamento, planejamento); falta de manter um ambiente confortável na cama), medicamentos, depressão, etc.

Bruxismo: Característica: ranger ou apertar os dentes inconscientemente, por longos e contínuos períodos pode ser um dos principais sintomas do Distúrbios do Sono.

Sonolência Excessiva: Característica: episódios irresistíveis de sono profundo a qualquer hora do dia.

Apneia do Sono: Característica: sonolência, dificuldade de concentração, irritabilidade, sintomas de depressão, diminuição da libido, ronco, sudorese.

Terror Noturno: Característica: súbito alerta acompanhado por manifestações autônomas e comportamentais de medo intenso durante o sono. O paciente de Distúrbios do Sono geralmente se senta na cama, fica não-responsivo a estímulos exteriores e, se acordado, está confuso e desorientado. Ocorre amnésia para o episódio, embora algumas vezes haja relatos de fragmentos de imagens oníricas vívidas muito breves ou alucinações. O episódio pode ser acompanhado por vocalizações incoerentes ou micção.

Tratamentos para Distúrbio do Sono: Existem tratamentos para Distúrbios do Sono que podem ser simples ou mais complexos. Tudo depende do paciente e do ponto que a doença chegou. Alguns tratamentos possíveis são: o emagrecimento, aparelhos de pressão positiva (CPAP), tratamento com aparelhos intra-orais e em última instância tratamentos cirúrgicos.

Os aparelhos estão mais ligados aos casos de roncos e de problemas para a passagem do ar. Para terminar podemos concluir que o estresse, a obesidade e a ansiedade são doenças relativamente novas, recém-adquiridas com o advento do círculo frenético de trabalhos, tecnologia e excesso de informações, típicos do século XXI. É nesse cenário que os distúrbios aumentam e que a população em geral fica vulnerável a esse tipo de disfunção, que pode sim, por sua vez levar a doenças mais graves como respiratórias e cardíacas, podendo ocasionar em última distância a morte.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiência Clínica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.