Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Ana Karolynne Goncalves

Os 6 Principais Sintomas da Foliculite

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Os 6 Principais Sintomas da Foliculite
Gostou do post? Avalie!

Os Principais Sintomas da Foliculite que todos devem fica atento. Além disso, a Foliculite é uma lesão semelhante a lesão de acne, que pode ou não ter pus, que se caracteriza por uma inflamação causada pela entrada da bactéria Stafilococos no folículo pilosebáceo, sendo que a bactéria causadora da acne é a Propionibacterium acnes. Então, veja Os 6 Principais Sintomas da Foliculite:

Sintomas da FoliculiteSintomas de Foliculite: Os sinais e sintomas da Foliculite dependem do tipo de infecção:

  • Surgimento de pequenas espinhas vermelhas, com ou sem pus que se desenvolvem em torno de folículos pilosos
  • Bolhas cheias de pus que se rompem e formam pequenas crostas na parte de cima
  • Pele avermelhada e inflamada na região infeccionada
  • Coceira ou sensibilidade na região infeccionada.

Causas da Foliculite: Existem muitas causas que tendem a irritar os folículos e os torna irritados e avermelhados. Alguns deles são os seguintes:

  • Bactérias e certos tipos de infecções fúngicas podem atacar os folículos.
  • Nesses casos, incham e ficam inflamados.
  • Às vezes, fricção excessiva dos Foliculite com roupas pode ser uma razão para que eles inflamem e pode até agravar em um caso total de foliculite.
  • Suor, sujeira podem entupir os poros da pele, levando à inflamação e infecção dos folículos.
  • Barbear, especialmente raspar regularmente com uma lâmina de barbear sem corte, pode causar grandes danos aos folículos pilosos.
  • Eles ficarão visivelmente vermelhos, inflamados e há coceira.

Causas da Foliculite: A Foliculite é causada por uma infecção viral, bacteriana ou fúngica dos folículos capilares. Geralmente, a causa mais comum de Foliculite é a bactéria Staphylococcus aureus (estafilococo).

Os folículos estão presentes em todo o corpo, com exceção das palmas das mãos, plantas dos pés e membranas mucosas, como os lábios. Eles são mais densos no couro cabeludo. Se eles forem danificados, ficam mais sujeitos à infecção.

As causas mais comuns de danos ao folículo capilar incluem:

  • Lesão ao se barbear ou atrito provocado por roupas muito apertadas
  • Transpiração excessiva
  • Condições inflamatórias da pele, como dermatite e acne, por exemplo
  • Lesões gerais da pele, como escoriações ou feridas cirúrgicas
  • Curativos de plástico ou fita adesiva aplicados sobre a pele.

Fatores de Risco da Foliculite: Qualquer pessoa pode desenvolver Foliculite, mas certos fatores pode tornar uma pessoa mais suscetível à doença. Estes incluem:

  • Condições médicas que reduzam sua resistência a infecções, tais como diabetes, leucemia crônica, transplante de órgãos e infecção por HIV/AIDS
  • Condições de pele pré-existentes, como acne ou dermatite;
  • Trauma para a sua pele associada à lesão ou cirurgia;
  • Uso de antibióticos para tratar acne;
  • Corticoterapia tópica;
  • Obesidade;
  • Exposição a longo prazo para itens de vestuário que podem reter o calor;
  • Exposição constante à água quente;
  • Alterações Hormonais;

Tratamento Para Foliculite: Normalmente, a única coisa boa sobre esta condição é que se cura por conta própria. Ter paciência e esperar em torno de duas semanas. No caso da coceira persistente, é possível usar uma compressa quente usando vinagre branco. Shampoo medicado pode ser usado para tratar a foliculite quando ocorre no couro cabeludo.

Esta é uma condição bastante comum que a pessoa não deve entrar em pânico. No entanto, pode ser difícil viver com foliculite recorrente. É melhor consultar um dermatologista em tais casos. Seguir uma boa higiene ajuda a manter a Foliculite longe. Aqui estão algumas coisas possíveis de fazer para controlar a foliculite:

  • Usar preparações de sabonete anti-séptico.
  • Bater levemente loções anti-séptico e antibióticas na área afetada. Isso ajudará a tratar os folículos infectados.
  • Aplicar um compressor quente e úmido nas áreas afetadas, pois isso irá controlar a foliculite para outras áreas não afetadas.
  • Usar medicamentos sem receita, como creme de cortisona após um banho.
  • Polvilhar o pó medicado nos folículos afetados antes de vestir as roupas.
  • Adicionar algumas gotas de cloro no banho quente três vezes por semana.
  • Não compartilhar a toalha com outras pessoas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.