Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Alan Costa

Os 4 Principais Sintomas da Asma!

Revisado por

Nutrição e Educação Física pela UFT

Especialista do Dicas de Musculação

Gostou do post? Avalie!

Os Principais Sintomas da Asma que todos devem fica atento. Além disso, Asma é uma doença que afeta as vias aéreas que transportam ar para e de seus pulmões. As pessoas que sofrem desta condição crônica (duradoura ou recorrente) são ditas asmáticas. As paredes internas das vias aéreas de um asmático estão inchadas ou inflamadas. Este inchaço ou inflamação torna as vias aéreas extremamente sensíveis às irritações e aumenta a sua susceptibilidade a uma reação alérgica.

Os 4 Principais Sintomas da AsmaÀ medida que a inflamação faz com que as vias aéreas se tornem mais estreitas, menos ar pode passar através delas, tanto para os pulmões como para os pulmões. Os sintomas do estreitamento incluem sibilos (sibilos durante a respiração), aperto no peito, problemas respiratórios e tosse. Os asmáticos geralmente experimentam esses sintomas mais freqüentemente durante a noite e no início da manhã.  Então, veja Os 4 Principais Sintomas da Asma:

Sintomas da Asma: Os sintomas da Asma de uma pessoa podem variar ao longo do tempo – às vezes não terão sintomas, especialmente quando a Asma está bem controlada. Os sintomas geralmente variam de pessoa para pessoa, mas são mais comuns:

  • falta de ar.
  • Chiado.
  • Sensação apertada no peito.
  • Continuando a tosse.

Causas Asma: As causas da Asma não são totalmente compreendidas, embora pessoas com Asma freqüentemente tenham história familiar de Asma, eczema e febre do feno.

A pesquisa mostrou que a exposição ao fumo do tabaco (especialmente como bebê ou criança pequena), obesidade e alguns produtos químicos no local de trabalho podem aumentar o risco de desenvolver Asma. Os pesquisadores continuam tentando descobrir mais sobre o que causa a Asma e como podemos prevenir isso.

Tratamento Para Asma: A pessoa asmática precisa manter certos cuidados com o ambiente, além de usar medicações e utilizar certas técnicas fisioterapêuticas, que se mostram bastante eficientes. Os medicamentos principais são de duas classes: os broncodilatadores e os anti-inflamatórios. O broncodilatadores dilatam as vias aéreas e devem ser utilizados quando o asmático está com falta de ar, chiado no peito ou crise de tosse.

Os anti-inflamatórios, por sua vez, devem ser utilizados principalmente para evitar e prevenir as crises agudas. Essas duas classes de medicações são recursos de manutenção e podem ser usados de várias formas: nebulização, spray, comprimido, xarope. Os corticoides são usados para combater a inflamação. Tais medicamentos são utilizados com o intuito de prevenir as exacerbações da doença. Existem outras possibilidades mais recentes de tratamento, ainda menos consolidadas. Em certos casos pode ser necessário o uso de incentivadores respiratórios e respiradores mecânicos não-invasivos.

O tratamento fisioterápico contribui para melhorar a ventilação, auxiliar no relaxamento da musculatura respiratória, higienizar as vias aéreas, melhorar a condição física e aprimorar a qualidade de vida dos indivíduos acometidos. Nas crianças, ele consiste em trabalhos de exercícios respiratórios, de desobstrução brônquica e drenagem postural, com estimulação da tosse se necessário e treino de padrão ventilatório. Em adultos, enfatiza os alongamentos globais, os exercícios aeróbicos, vários exercícios respiratórios e o acompanhamento do fluxo respiratório, entre outros.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou Formado em Nutrição e Educação Física. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2000, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.