Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Osmar da Costa Junior

Os 12 Principais Sintomas de Gravidez!

Os 12 Principais Sintomas de Gravidez!
5 (100%) 10 vote[s]

Os Principais Sintomas de Gravidez Você está se perguntando se você pode estar grávida ? A única maneira de saber com certeza é fazer um teste de gravidez. Mas há sintomas iniciais da gravidez que podem indicar a possibilidade. Aqui está o que procurar. Toda mulher é diferente. Assim como as suas experiências de gravidez. Nem todas as mulheres têm os mesmos sintomas ou mesmo os mesmos sintomas de gravidez para a próxima. Além disso, porque os primeiros sintomas de gravidez muitas vezes imitam os sintomas que você pode experimentar logo antes e durante a menstruação, você pode não perceber que está grávida.

O que se segue é uma descrição de alguns dos Principais Sintomas de Gravidez. Você deve saber que esses sintomas podem ser causados ​​por outras coisas além de estar grávida. Então, o fato de você notar alguns desses sintomas não significa necessariamente que você está grávida. A única maneira de contar com certeza é com um teste de gravidez. Então, confira agora Os 12 Principais Sintomas de Gravidez.

Os 12 Principais Sintomas de Gravidez1. Amenorreia: A falta de menstruação. Pode parecer óbvio, mas este é o primeiro sintoma a ser considerado e entre todos, o mais científico. Se você tem a menstruação regular e ela estiver atrasada, é hora de fazer um exame de sangue (ou comprar um teste de gravidez na farmácia).

2. Corrimento vaginal cor-de-rosa: Quando o óvulo é fecundado (minutos após até 3 dias depois da relação sexual de que você desconfia) pode ocorrer um leve corrimento rosado claro, quase nada que se veja. Trata-se de muco vaginal, normal, com vestígios de sangue resultante da entrada do espermatozoide no óvulo. Os 3 dias que pode demorar a aparecer tem a ver com o tempo de vida do espermatozoide no seu útero, ou seja, ocorrerá o corrimento, efetivamente, só quando este perfurar o óvulo para fecundá-lo.

3. Corrimento Branco: Os elevados níveis de progesterona podem também estimular a produção de uma maior quantidade de secreções vaginais.

4. Cólica, Inchaço abdominal e Gases: Após a fecundação ocorre um aumento de fluxo sanguíneo na região pélvica pois os hormônios começam a preparar o corpo da mulher para o implante do embrião no útero. Esta situação começa imediatamente após a fecundação e vai se prolongando até a 7º semana de gestação. E esse afluxo de sangue, centralizado no útero, que provoca todos esses disturbios gástricos. Tome água, coma pouco, evite alimentos que fermentam no intestino.

5. Prisão de Ventre: Se você sempre teve idas regulares ao banheiro, pode notar uma estranha, incomum, prisão de ventre, antes da data prevista para a chegada do ciclo menstrual. As idas e vinda do banheiro é uma das Principais Sintomas de Gravidez

6. Desejo Sexual: A chegada de um bebê pode ser “anunciada” também com o aumento do apetite sexual.

7. Mamas Sensíveis e Inchadas: Nossos seios incham e doem em qualquer alteração hormonal – lembre-se de observar se os seus estão assim, mais sensíveis e doloridos.

8. Queimação Gástrica e Sensação de Refluxo Esofágico: Durante a gestação, o trânsito intestinal fica mais lento e, devido a isso, além de intestino preso, podem ocorrer queimação gástrica e sensação de refluxo. Esse é um dos Principais Sintomas de Gravidez.

9. Enjoos: Os enjoos e os vômitos é um dos Principais Sintomas de Gravidez típicos da gravidez. Geralmente pioram entre a 8ª e 16ª semanas da gestação, mas, há mulheres que já apresentam estes sintomas já na 2ª ou 3ª semana. Vale ressaltar que os enjoos têm ainda intensidades muito diferentes de mulher para mulher.

10. Alterações de Apetite: Durante a gestação existe grande alteração hormonal, emocional e metabólica, o que gera mudanças de apetite e aceitação alimentar na mulher. Podem acontecer da inapetência (falta de apetite) à compulsão alimentar e a possibilidade de desejos. Por exemplo, a mulher poderá apresentar aversão a certa comida e/ou cheiro que antes até lhe agradava. Ou vice-versa: poderá ter vontade de experimentar algo que nunca quis provar antes, entre outras mudanças.

11. Temperatura Basal Crescente: Se você tem tentado engravidar ativamente, já deve ter traçado sua temperatura corporal basal para identificar a ovulação. Geralmente, ela é elevada desde a ovulação até chegar o período de 2 semanas mais tarde. Se ela permanece elevada além de duas semanas, sendo esse .

12. Aumento da temperatura basal (valor próximo aos 37°C): A concepção pode dar seus sinais através da presença do corpo lúteo (estrutura endócrina temporária em mamíferos fêmea que produz progesterona e, em menor medida, o estrogênio, após a ovulação).

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou formado em medicina pela USP no ano de 2012. Atuo na área de estudo e orientação inicial de doentes; Coordenação de exames de saúde regular; Diagnóstico e tratamento de grande parte das doenças de adultos; Acompanhamento e tratamento de doentes crônicos; Orientação de pacientes que apresentam quadros complexos, com patologias raras e múltiplas, juntamente com a participação de outros especialistas, quando for necessário; Integração final de dados clínicos e exames complementares, decorrentes da observação dos pacientes por outro especialista. Atualmente sou Clinico Geral residente no Hospital Regional de Cotia e Editor no site "Dicas de Musculação" onde tenho participação com comentários, e criação de artigos relacionados a saúde.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.