Dicas de Saúde Brenda Lima

Os 10 Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados!

Revisado por

Enfermagem pela EEFTESM

Especialista do Dicas de Musculação

Os 10 Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados!
5 (100%) 11 votes

Os Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados são de suma importância para que todos estejam alertas quanto a esta doença. Além disso, a  Doença Celíaca afeta 1% da população americana, de acordo com a Universidade de Medicina de Chicago. Contudo, aqueles que sofrem desta doença têm uma resposta imunológica desencadeada quando consomem qualquer coisa que contenha glúten. Esta resposta imunológica é um ataque na parede do intestino delgado e, eventualmente, pode causar danos ao intestino delgado.

Muitos dos sintomas da Doença Celíaca se sobrepõem com outras doenças, dificultando o diagnóstico. Listamos abaixo os principais sinais que são frequentemente ignorados. Caso alguém próximo esteja apresentando esses sintomas, consulte um médico para ter um diagnóstico correto. Então, confira Os 10 Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados:

Sinais da Doença CelíacaDor nas Articulações: Um dos Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados, muitas vezes são confundidos com artrite, a dor nas articulações  pode ser o sinal de que algo está acontecendo.

Dano do Esmalte Dentário: A menos que tenha apresentado alguma lesão, os dentes na fase adulta devem ter um esmalte sólido e saudável. A Fundação de Doença Celíaca dissemina que aqueles que um dos Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados é ter esmalte defeituoso ou descoloração nos dentes permanentes.

Úlceras: As úlceras podem ser causadas pela mordida ou irritação da pele, mas caso sofra de alguns desses outros sintomas, inclua as úlceras em sua lista de Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados.

Formigamento das Mãos e Pés: O formigamento nas mãos e pés podem ser Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados indicando que ela está à caminho.

Perda de Cabelo: Outro item que você deve considerar como um dos Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados é a perda de cabelo da sua cabeça ou corpo.

Anemia: Uma vez que a Doença Celíaca afeta o intestino delgado, sua alimentação é absorvida. Muitos que sofrem de Doença Celíaca, também apresentam como Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados anemia.

Ossos Frágeis: Os ossos são “finos” e podem ser facilmente quebrados. Sofrer um grande número de quebras é um sinal de que algo não está correto, podendo ser um dos Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados.

Dores de Cabeça: Ter uma dor de cabeça de vez em quando é normal, mas muitas dores de cabeça ou mesmo enxaquecas podem ser causadas como Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados.

Refluxo Ácido: Uma vez que a Doença Celíaca é uma resposta imunológica no intestino delgado, o refluxo ácido também pode ser causado como um dos Sinais da Doença Celíaca que não Devem ser Ignorados. Embora nenhum desses sintomas signifique que tenha Doença Celíaca, caso apresente esses sintomas, você deve fazer uma consulta à seu médico para discutir esta possibilidade.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Me chamo Brenda Lima, formada em enfermagem pela EEFTESM do Rio de Janeiro desde 2016. Há alguns anos comecei a dedicar-me a produzir conteúdo no Site Dicas de Musculação para ajudar as pessoas que sofrem com uma diversidade de doenças que são oriundas da Má Alimentação. Acredito que o segredo da boa saúde é o equilíbrio, e através da boa alimentação é possível manter um corpo saudável e viver com melhor qualidade de vida.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.