Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Ana Karolynne Goncalves

Os 10 Principais Sintomas da Fobia

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Os 10 Principais Sintomas da Fobia
Gostou do post? Avalie!

Os Principais Sintomas da Fobia que todos devem fica atento. Além disso, a Fobia é um medo persistente e irracional de um determinado objeto, animal, atividade ou situação que represente pouco ou nenhum perigo real, mas que, mesmo assim, provoca ansiedade extrema. Então, veja Os 10 Principais Sintomas da Fobia:

FobiaSintomas da Fobia: O sintoma mais comum e incapacitante de uma Fobia é um ataque de pânico. As características de um ataque de pânico incluem:

  • Coração acelerado;
  • Falta de ar;
  • Discurso rápido ou incapacidade de falar;
  • Boca seca;
  • Mal humor ou náusea;
  • Pressão sanguínea elevada;
  • Ficar se Tremendo;
  • Sensação de asfixia;
  • Tonturas;
  • transpiração intensa;
  • Sensação de destruição iminente.

Causas da Fobia: Fatores genéticos e ambientais podem causar Fobias. As crianças que têm um parente próximo com um transtorno de ansiedade estão em risco de desenvolver uma Fobia. Eventos angustiantes, como quase afogamento, podem trair uma Fobia. A exposição a espaços confinados, alturas extremas e picadas de animais ou insetos podem ser fontes de Fobias.

As pessoas com condições médicas em curso ou preocupações com a saúde muitas vezes têm Fobias. Há uma alta incidência de pessoas que desenvolvem Fobias  após lesões cerebrais traumáticas. O abuso de substâncias e a depressão também estão ligados a Fobias.

Fatores de Risco da Fobia: Aqueles com uma predisposição genética à ansiedade podem estar em alto risco de desenvolvimento de Fobias. A idade, o status socioeconômico e o gênero só parecem ser fatores de risco para certas Fobias. Por exemplo, as mulheres são mais propensas a ter Fobias animais. Crianças ou pessoas com um baixo nível socioeconômico são mais prováveis ​​com Fobias sociais. Os homens constituem a maioria das pessoas com Fobias de dentista e médico.

Tratamento da Fobia: O tratamento para a Fobia tem como objetivo reduzir a ansiedade e o medo provocados por motivo ilógico, irracional e exagerado, ajudando no gerenciamento das reações físicas e psicológicas decorrentes deste medo.

Há três diferentes tipos de abordagem que podem ser seguidos pelos especialistas e pacientes: a psicoterapia, o uso de medicamentos específicos ou, ainda, a união de ambos.

Betabloqueadores, antidepressivos e sedativos costumam ser as medicações mais recomendadas pelos médicos e, quando unidas a terapias comportamentais, o resultado costuma ser bastante eficiente.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.