Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Ana Karolynne Goncalves

Gangrena – O que é, Causas e Tratamentos

Gangrena – O que é, Causas e Tratamentos
5 (100%) 5 vote[s]

Gangrena – O que é, Causas e Tratamentos que todos devemos saber. Além disso, A Gangrena é uma doença bastante temida por muitas pessoas, é uma complicação séria de uma necrose que causa a falta de circulação de sangue e oxigênio em partes do tecido do corpo humano. Geralmente ocorre em extremidades do corpo, como pé, perna, mãos e braços, sendo seguida de uma infecção bacteriana, resultando em um estado de putrefação.

GangrenaA bactéria mais comum existente na Gangrena é a Clostridium Perfringens, porém, outras ainda podem fazer da ferida sua morada, aumentando o risco de amputação devido a seriedade dos ferimentos. Então, confira agora Gangrena – O que é, Causas e Tratamentos

Principais Causas da Gangrena: Gangrena é causada devido à morte do tecido que resulta da interrupção do fornecimento de sangue para o órgão afetado. Vasos sanguíneos carregá glóbulos vermelhos que por sua vez transportam oxigênio para todos os tecidos que dá vida. Sangue também transporta nutrientes, como glicose, aminoácidos e ácidos graxos essenciais para o funcionamento normal dos tecidos. Além disso, as células brancas do sangue são combatentes que lutam contra as bactérias invasoras.

Obstrução no fluxo de sangue, portanto, resulta na privação de todos esses componentes necessários para o funcionamento normal. Como o sangue é bloqueado o fornecimento as células perdem a capacidade de função e morrer.

Principais Sintomas: Nos tipos mais comuns de Gangrenas os sintomas apresentados pelos pacientes são essencialmente os mesmos e começam da seguinte forma:

  • Primeiramente a pele de determinada parte do corpo (nas extremidades) se torna pálida, avermelhada ou ainda apresenta uma cor um tanto acobreada, até tornar-se esverdeada. Esse costuma ser o primeiro sinal de que algo está errado com aquele local, por isso, é necessário que aos primeiros sintomas, a pessoa vá ao médico.
  • Além disso, a pele , que mudou de coloração, fica quente e um tanto inchada, ou seja, totalmente diferente da região com tecido saudável.
  • Outro sintoma ocorre devido ao alastramento da Gangrena, com bolhas semelhantes as de água por toda a pele , com grande quantidade de líquido. Esse líquido das bolhas não tem cor transparente, apresentando um aspecto diferenciado, com cor meio castanho-amarronzada e com odor bastante ruim. Como sob a pele há grande circulação de gases, as bolhas podem sofrer crepitação quando tocadas.
  • Esse tipo de infecção de Gangrena pode evoluir de uma simples feridinha até uma de grande extensão de uma hora para outra, por isso, todo cuidado e atenção é pouco. Quando evolui rapidamente, essa Gangrena pode causar delírios em razão da infecção, insuficiência renal e até levar a morte em pouco tempo.
  • – A Gangrena é uma doença bastante séria, e em poucas horas pode destruir grandes partes de tecidos doentes, atingindo até os músculos, com pouca chance de recuperação dos mesmos.

Tratamentos: O tratamento das variedades da Gangrena se dá através da assepsia total do ferimento, inclusive com o uso de pomadas e também antibióticos, que ajudam no combate da infecção, especialmente na forma gasosa da Gangrena. A Penicilina, por exemplo, é um medicamento bastante eficiente contra o tipo de bactéria chamado de C Perfringens, mas não para os demais.

Já para o caso da Gangrena Seca, o ideal é aplicar pomadas antibacterianas e adstringentes no local afetado, auxiliando na separação do tecido doente e ainda impedindo qualquer proliferação de bactérias no local. Tratando a Gangrena nessa forma inicial é o primeiro passo para que não ocorram as implicações mais severas, o que acabam culminando com a perda maior de tecido sadio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.