Doenças e Tratamentos Francisco Silva Costa

Filariose Linfática – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos!

Gostou do post? Avalie!

Filariose Linfática – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos A Filariose Linfática é uma infecção parasitária que é transmitida por organismos de alimentação de sangue, principalmente mosquitos. Existem 8 tipos de nemátodos semelhantes a um fio que causam filariose. A maioria dos casos é causada pelo parasita Wuchereria bancrofti.

Filariose Linfática

A filariose não é fatal; No entanto, pode produzir comprometimento permanente e prejudicial ao sistema linfático. Drogas como a dietilcarbamazina ajudam a tratar a condição de forma eficaz, mas o inchaço da perna é bastante óbvio e feio.

O que é a filariose linfática: A Filariose Linfática é uma doença parasitária causada por vermes microscópicos e roscados. Os vermes adultos só vivem no sistema linfático humano. O sistema linfático mantém o equilíbrio fluido do corpo e combate infecções.

Quem está em Risco de pega a Filariose Linfática: São necessárias mordidas repetidas de mosquitos durante vários meses a anos para obter a Filariose Linfática. As pessoas que vivem por muito tempo em áreas tropicais ou subtropicais onde a doença é comum correm o maior risco de infecção. Os turistas de curto prazo têm um risco muito baixo. Uma infecção aparecerá em um exame de sangue.

Quais são os Sinais e Sintomas da Filariose Linfática: A maioria das pessoas infectadas são assintomáticas e nunca desenvolverão sintomas clínicos, apesar de o parasita prejudicar o sistema linfático. Uma pequena porcentagem de pessoas desenvolverá linfedema. Isto é causado pelo funcionamento impróprio do sistema linfático que resulta na coleta e inchaço do fluido. Isso afeta principalmente as pernas, mas também pode ocorrer nos braços, seios e genitais. A maioria das pessoas desenvolve essas manifestações clínicas anos após a infecção.

O inchaço e a função diminuída do sistema linfático tornam difícil o corpo combater germes e infecções. As pessoas afetadas terão mais infecções bacterianas na pele e no sistema linfático. Isso provoca endurecimento e espessamento da pele, que se chama Elefantíase. Muitas dessas infecções bacterianas podem ser prevenidas com a higiene apropriada da pele.

Como Posso Prevenir a Filariose Linfática:: Evitar mordidas de mosquito é a melhor forma de prevenção. Os mosquitos que carregam os vermes microscópicos costumam morder entre as horas do crepúsculo e o amanhecer. Se você mora ou viaja para uma área com Filariose Linfática:

  • Dormir sob um mosquiteiro.
  • Use mangas compridas e calças.
  • Use repelente de mosquito na pele exposta entre o crepúsculo e o amanhecer.

Qual é o Tratamento Para a Filariose Linfática:Pessoas infectadas com os vermes adultos podem tomar uma dose anual de remédios, chamada dietilcarbamazina (DEC), que mata os vermes microscópicos que circulam no sangue. Enquanto esta droga não mata todos os vermes adultos, ele evita que pessoas infectadas a doença a outra pessoa.

Linfedema e Elefantíase não são indicações para o tratamento DEC porque a maioria das pessoas com linfedema não está ativamente infectada com o parasita filarial. Os médicos podem obter DEC de CDC após os resultados do laboratório confirmarem a infecção.

Mesmo depois que os vermes adultos morrem, o linfedema pode se desenvolver. Você pode pedir a seu médico uma referência para ver um terapeuta de linfedema para cuidados especializados. Impedir que o linfedema piore seguindo vários princípios básicos:

  • Lavar cuidadosamente a área inchada com água e sabão todos os dias.
  • Elevar e exercer o braço ou perna inchado para mover o fluido e melhorar o fluxo linfático.
  • Desinfecte feridas. Use o creme antibacteriano ou antifúngico, se necessário.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou Formado em Educação Física, pela UGF – (Universidade Gama Filho) - Na turma 2012-2016. Atuei e atuo em academias e clubes, nas modalidades de Musculação do Iniciante ao Avançado, Ginástica em Grupo, Natação.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.