Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Ana Karolynne Goncalves

Encefalite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Encefalite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos
Gostou do post? Avalie!

Encefalite – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desta condição. Além disso, a Encefalite é uma inflamação do tecido cerebral. A causa mais comum são as infecções virais. Em casos raros, pode ser causada por bactérias ou mesmo por fungos. Existem dois tipos principais de Encefalite: primária e secundária. A Encefalite primária ocorre quando um vírus infecta diretamente o cérebro e a medula espinhal. A Encefalite secundária ocorre quando uma infecção começa em outro lugar do corpo e depois viaja para o seu cérebro.

EncefaliteA Encefalite é uma doença rara ainda grave que pode ser fatal. Você deve ligar para o seu médico imediatamente se tiver sintomas de Encefalite.

Causas da Encefalite: A Encefalite comumente é causada por vírus e podem ser complicações de uma grande variedade de doenças como sarampo, caxumba, poliomielite, hidrofobia, rubéola, catapora, raiva, AIDS e outras. Mas elas também podem ser causadas por infecções diretas do cérebro por bactérias e fungos, que geralmente dão origem a abscessos, e por outras causas, como reação a vacinas, doenças autoimunes, parasitas, etc. ou serem um efeito secundário do câncer.

Os vírus podem ser contraídos por meio de aspiração de gotículas respiratórias de uma pessoa infectada, alimentos ou bebidas contaminadas ou contato direto com a pele. Algumas Encefalites virais são transmitidas por picadas de insetos que habitam zonas geográficas específicas e são, pois, zoonoses regionais, mais comuns em certas estações do ano. Elas são mais frequentes no primeiro ano de vida e em pessoas com imunodepressão. As pessoas muito jovens ou muito idosas são mais suscetíveis a sofrerem casos graves de Encefalites.

Sintomas da Encefalite: Os sintomas da Encefalite podem variar de leve a grave.

Os sintomas leves incluem:

  • Febre
  • For de cabeça
  • Vômito
  • Torcicolo
  • Letargia (exaustão)

Os sintomas graves incluem:

Febre de 103 ° F (39,4 ° C) ou superior

  • Confusão
  • Sonolência
  • Alucinações
  • Movimentos mais lentos
  • Coma
  • Apreensões
  • Irritabilidade
  • Sensibilidade à luz
  • Inconsciência

Crianças e crianças pequenas apresentam sintomas diferentes. Ligue imediatamente a um médico se o seu filho tiver algum dos seguintes problemas:

  • Vômito
  • Abaulamento da fontanela (mancha no couro cabeludo)
  • Choro constante
  • Rigidez corporal
  • Pouco apetite

Diagnósticos da Encefalite: O processo de diagnóstico da Encefalite começará com uma série de perguntas sobre o histórico médico do paciente e sua família. Em seguida, o especialista realizará um exame físico minucioso, que poderá indicar:

  • Reflexos anormais
  • Aumento da pressão intracraniana
  • Confusão mental
  • Úlceras na boca
  • Fraqueza muscular
  • Rigidez do pescoço
  • Sinais em outros órgãos, como fígado e pulmões
  • Erupções cutâneas
  • Problemas na fala.

Em seguida, outros exames específicos para diagnosticar uma possível Encefalite deverão ser solicitados pelo médico. Confira alguns:

  • Ressonância magnética do cérebro
  • Tomografia computadorizada da cabeça
  • Cultura do líquido cerebrospinal, do sangue ou da urina
  • Eletroencefalograma
  • Punção lombar e exame da cultura do líquido cerebrospinal
  • Exames que detectam anticorpos contra vírus (testes sorológicos)
  • Exames que detectam pequenas quantidades do DNA do vírus (reação em cadeia da polimerase – PCR)

Fatores de Risco da Encefalite: Os grupos com maior risco de Encefalite são:

  • Adultos mais velhos
  • Crianças menores de 1 ano
  • Pessoas com sistemas imunológicos fracos

Você também pode ter um risco maior de contrair Encefalite se você mora em uma área onde mosquitos ou carrapatos são comuns. Mosquitos e carrapatos podem transportar vírus que causam Encefalite. É mais provável que você tenha Encefalite no verão ou na queda quando estes insetos são mais ativos.

Causas da EncefaliteTratamentos da Encefalite: O tratamento da Encefalite tem como principal objetivo trazer mais conforto, descanso, tranquilidade e líquidos para o paciente. Além disso, se mostra necessário em grande parte dos casos, fazer uma reorientação do paciente, pois ele pode estar confuso.

Quando a doença já avançou muito é necessário que após controlar o vírus seja realizado um trabalho de intervenções como fisioterapia e até mesmo fonoaudiologia. Medicamentos também são utilizados durante o tratamento. Procure um médico a qualquer sinal de Encefalite Viral.

Prevenção da Encefalite: A Encefalite nem sempre é evitável, mas você pode reduzir seu risco ao ser vacinado por vírus que podem causar Encefalite. Certifique-se também de que seus filhos recebam vacinas para esses vírus. Em áreas onde mosquitos e carrapatos são comuns, use repelente e use mangas compridas e calças. Se você estiver viajando para uma área conhecida por vírus que causam Encefalite, verifique o site do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) para recomendações de vacinação.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.