Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Leandro Almeida

Doença de Parkinson – O que é, Sintomas e Tratamentos!

Revisado por

Graduado em Nutrição!

Especialista do Dicas de Musculação

Doença de Parkinson – O que é, Sintomas e Tratamentos!
Gostou do post? Avalie!

Doença de Parkinson – O que é, Sintomas e Tratamentos que não devemos ignorar. Além disso, a Doença de Parkinson é uma doença progressiva do sistema nervoso que afeta o movimento. Desenvolve-se gradualmente, às vezes começando com um tremor quase notável em uma só mão. Mas enquanto um tremor pode ser o sinal mais conhecido de Doença de Parkinson, a desordem também geralmente causa rigidez ou desaceleração do movimento. Nos estágios iniciais da Doença de Parkinson, seu rosto pode mostrar pouca ou nenhuma expressão, ou seus braços podem não balançar quando você anda. Seu discurso pode tornar-se macio ou arrasado.

Doença de ParkinsonOs sintomas da Doença de Parkinson pioram à medida que sua condição progride ao longo do tempo. Embora a Doença de Parkinson não possa ser curada, os medicamentos podem melhorar consideravelmente seus sintomas. Em casos ocasionais, seu médico pode sugerir cirurgia para regular determinadas regiões do seu cérebro e melhorar seus sintomas.

Causas de Doença de Parkinson: A Doença de Parkinson é causada por uma perda de células nervosas em parte do cérebro chamada substância negra. Isso leva a uma redução em um químico chamado dopamina no cérebro. A dopamina desempenha um papel vital na regulação do movimento do corpo. A redução da dopamina é responsável por muitos dos sintomas da Doença de Parkinson. Exatamente o que causa a perda de células nervosas não é claro. A maioria dos especialistas pensa que uma combinação de fatores genéticos e ambientais é responsável.

Sintomas de Doença de Parkinson: A Doença de Parkinson é uma condição em que partes do cérebro se tornam progressivamente danificadas ao longo de muitos anos. Os três principais sintomas da Doença de Parkinson são:

  • Agitação involuntária de partes específicas do corpo (tremor)
  • Movimento lento
  • Músculos rígidos e inflexíveis

Uma pessoa com Doença de Parkinson também pode experimentar uma ampla gama de outros sintomas físicos e psicológicos, incluindo:

  • Depressão e ansiedade
  • Problemas de equilíbrio – isso pode aumentar a chance de uma queda
  • Perda de sentido do sono (anosmis)
  • Problemas para dormir (insônia)
  • Problemas de memória

Consulte o seu médico se tiver algum dos sintomas associados à Doença de Parkinson – não apenas para diagnosticar a sua condição, mas também para excluir outras causas dos seus sintomas.

Tratamentos de Doença de Parkinson: Embora atualmente não haja cura para a Doença de Parkinson, os tratamentos estão disponíveis para ajudar a reduzir os principais sintomas e manter a qualidade de vida o maior tempo possível. Esses incluem:

  • Tratamentos de suporte – como fisioterapia e terapia ocupacional
  • Medicação
  • Em alguns casos, cirurgia cerebral

Você pode não precisar de nenhum tratamento durante os estágios iniciais da Doença de Parkinson, pois os sintomas geralmente são leves. No entanto, você pode precisar de compromissos regulares com seu especialista para que sua condição possa ser monitorada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Olá, meu nome é Leandro Cardoso de Almeida sou graduado no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) desde 2011 e Mestre em Nutrição Clínica pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, Portugal. Atualmente atendo em consultório particular no Brasil e atuo como editor no site Dicas de Musculação.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.