Dicas de Saúde Valéria Carneiro

Dieta Para Tratar a Síndrome do Intestino Irritável!

Revisado por

Drª. Valeria Carneiro Graduada em Ginecologia e Obstetrícia!

Especialista do Dicas de Musculação

Dieta Para Tratar a Síndrome do Intestino Irritável!
Gostou do post? Avalie!

A Dieta Para Tratar a Síndrome do Intestino Irritável que você precisa conhecer. Além disso, na dieta para síndrome do intestino irritável devem ser evitados alimentos estimulantes como café, chocolate ou chá preto, por exemplo. Além disso, os alimentos gordurosos ou muito açucarados, assim como as bebidas alcoólicas e os condimentos também não devem ser ingeridos pois aumentam a irritação do intestino, levando ao aparecimento ou agravando os sintomas do problema, como diarreia ou dor abdominal.

É ainda importante evitar alimentos de difícil digestão ou que aumentam a quantidade de gases intestinais, como carnes gordurosas, soja, cevada, grão-de-bico ou couve-de-bruxelas. Uma das principais maneiras de tratar o intestino irritável é consumindo uma dieta adequada para cada tipo de organismo, alimentos que podem causar ainda mais irritação e produzem gases de compensação. A síndrome do intestino irritável é um problema cada vez mais comum entre a população que está sendo profundamente afetado por esta doença, cujo causa muita dor e desconforto.

Quando o intestino está irritado, a irritação causa constipação eliminando os processos, mas também diarreia. Sem falar que aqueles que sofrem de síndrome do intestino irritável também possui dor abdominal e flatulência. Melhorar a síndrome do intestino irritável depende das escolhas alimentares feitas pelos portadores desta doença, pois a comida tem uma forte relação neste tipo de síndrome. Por isso, boas escolhas alimentares são essenciais para esses portadores de síndrome do intestino irritável.

A melhor prática para melhorar intestino irritável síndrome é a adição de fibras à sua dieta, caso sofra de prisão de ventre. O consumo de fibra vai melhorar o funcionamento do intestino. Desta forma, adicione alimentos à sua dieta como aveia ou espinafre, que são ricos em fibra.

Evite adicionar gorduras em sua dieta e alimentos fritos. Esses alimentos fazem com que o intestino tenha sua sensibilidade alterada. Caso sofra de constipação, é recomendável adicionar vegetais à sua dieta, pois contêm muita fibra. Evite alimentos como brócolis, couve-flor ou repolho, que produzem muitos gases. Então, confira agora Dieta Para Tratar a Síndrome do Intestino Irritável:

Dieta Para Tratar a Síndrome do Intestino Irritável: Um ótimo exemplo de cardápio para quem tem o síndrome do intestino irritável consiste em:

CAFÉ DA MANHÃ:

  • Kefir com maçã;
  • cereais de milho.

ALMOÇO:

  • Coxa de frango grelhada com arroz e purê de abóbora;
  • Manga para sobremesa.

LANCHE DA TARDE:

  • Vitamina de iogurte com abacate.

JANTAR:

  • Pescada cozida com batata cozida e salada de alface e cenoura, temperada com azeite;
  • Para sobremesa mamão.

Tratar a Síndrome do Intestino IrritávelAo longo do dia deve beber-se 2 litros de água ou chás calmantes, mas sem adicionar açúcar. Caso sofra de diarreia, a dieta para síndrome do intestino irritável não deve conter produtos lácteos, pois a maioria das pessoas que sofrem de síndrome do intestino irritável sofrem de intolerância à lactose, evitar gorduras e não se esquecer da hidratação.

Revisão Geral pela Dra. Ana Karolynne Gonçalves - (no G+)

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Drª. Valeria Carneiro Graduada na Universidade Federal de Minas Gerais em Medicina Especializada em Ginecologia e Obstetrícia, Pós Graduada no Departamento de Ginecologia na UNIFESP/ EPM a 2 anos, Experiência Clínica em patologias do trato genital feminino e foco em cirurgias ginecológicas como também especialista em partos normais e cirúrgicos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.