Benefícios das Plantas

Carqueja – Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais

Carqueja é uma das plantas medicinais mais conhecidas e usadas no Brasil e em outras partes da América do Sul. A maioria de seus usos tradicionais tem sido validada e outra vez pela pesquisa e aparece nas farmacopeias oficiais dos países da América do Sul como um fígado específico e ajuda digestiva.

Carqueja

A carqueja é uma erva. As pessoas secam as partes da planta que crescem acima do solo e as usam para fazer remédios.

A carqueja é utilizado no tratamento da dor, indigestão, inchaço, retenção de líquidos e obstipação. Também é usado para proteger o fígado, prevenir úlceras, purificar o sangue, ajudar na digestão, reduzir a febre e causar aborto.

Outros usos incluem o tratamento de dor no peito (angina), diabetes, obesidade, doença renal, vermes intestinais, infecções virais e má circulação sanguínea. A carqueja também é usado para aumentar o desejo sexual.

Benefícios da Carqueja Para Saúde:

Controla o Diabetes:

A erva diminui a absorção de açúcares ingeridos na alimentação, ajudando por isso a controlar a diabetes.

Protege o Fígado:

Esta planta contém flavonoides na composição, que exercem uma ação protetora do fígado.

Melhora Problemas Digestivos:

A Carqueja protege o estômago e previne úlceras, por ter na sua composição substâncias que reduzem a secreção gástrica.

Ajuda no Combate as Inflamações:

A Carqueja tem um efeito anti-inflamatório, também devido às saponinas. Além disso fortalece também o sistema imune. Por isso, se você estiver com o sistema imune enfraquecido, o chá da planta pode ajuda-lo.

Ajuda no Emagrecimento:

A Carqueja emagrece especialmente se o chá for tomado antes de um evento especial em que vai ocorrer um abuso alimentar pois ajuda a diminuir o apetite. Além disso, a erva possui efeito diurético, ajudando assim a eliminar o excesso de líquido, diminuindo o inchaço.

Carqueja

Efeitos Colaterais da Carqueja:

Mesmo com os benefícios da erva citados acima, é importante ter cuidado com o uso da erva. É que ela pode trazer efeitos colaterais como diminuição da imunidade e hipotensão(diminuição da pressão arterial em um nível mais baixo que o normal; pressão baixa) quando consumida de maneira exagerada.

Existe a recomendação de não ingerir a planta medicinal durante um período prolongado de tempo, pois há o risco de toxicidade.

Gravidez e Amamentação:

Não se conhece o suficiente sobre o uso de Carqueja durante a gravidez e a amamentação. Fique do lado seguro e evite o uso.

Alergia a Ambrósia, Margaridas e Plantas Relacionadas:

A Carqueja pode causar uma reação alérgica em pessoas que são sensíveis à família de plantas Asteraceae/Compositae. Os membros desta família incluem ambrósia, crisântemos, malmequeres, margaridas e muitos outros. Caso tenha alergias, consulte seu médico antes de tomar carqueja.

Diabetes:

A carqueja pode diminuir os níveis de açúcar no sangue. Usar carqueja junto com medicamentos para diabetes pode fazer com que os níveis de açúcar no sangue caiam demais. Monitore os níveis de açúcar no sangue de perto.

Cirurgia:

A carqueja pode afetar os níveis de glicose no sangue. Existe alguma preocupação de que possa interferir no controle do açúcar no sangue durante e após a cirurgia. Pare de usar carqueja pelo menos 2 semanas antes de uma cirurgia programada.

Interações:

Medicamentos Para Diabetes (Remédios Antidiabetes):

A carqueja pode diminuir os níveis de açúcar no sangue. Os medicamentos para diabetes também são usados para baixar o açúcar no sangue. Tomar carqueja junto com medicamentos para diabetes pode causar um baixo nível de açúcar no sangue.

Monitore seu açúcar no sangue de perto. A dose do seu medicamento para diabetes pode precisar de ser alterada. Alguns medicamentos usados para a diabetes incluem glimepirida (Amaryl), gliburida (DiaBeta, Glynase PresTab, Micronase), insulina, pioglitazona (Actos), rosiglitazona (Avandia), clorpropamida (Diabinese), glipizide (Glucotrol), tolbutamida (Orinase) e outros.

Dosagem:

A dose apropriada de carqueja depende de vários fatores, como a idade, a saúde e várias outros problemas do usuário. No momento, não há informações científicas suficientes para determinar uma faixa apropriada de doses para a carqueja.

Tenha em mente que os produtos naturais nem sempre são necessariamente seguros e que as dosagens podem ser importantes. Siga as instruções relevantes nos rótulos dos produtos e consulte seu farmacêutico, médico ou outro profissional de saúde antes de usar.

Gostou das dicas?

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.