Dicas de Saúde Doenças e Tratamentos Suplementos Ana Karolynne Goncalves

Anemia Aplástica – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Revisado por

NUTRIÇÃO - CRN6-MA 16199

Gostou do post? Avalie!

Anemia Aplástica – O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos desta condição. Além disso, a Anemia Aplástica é um tipo de doença rara auto imune e idiopática, ou seja, sem causa definida onde a medula óssea deixa de produzir a quantidade adequada de sangue.

Anemia AplásticaProduz sintomas como palidez, marcas roxas na pele sem motivo aparente e longas hemorragias mesmo em pequenos cortes, sendo subdividida em anemia moderada ou severa (grave). A Anemia Aplástica quando não é devidamente tratada pode levar à morte devido a infecções em aproximadamente 10 meses.

Causas da Anemia Aplástica: A anemia aplásica ocorre geralmente em decorrência de uma lesão na célula-tronco ou nos progenitores tardios. Em qualquer dos dois tipo, o mecanismo de injúria é autoimune, dependente de linfócitos T ricos em interferon-gama.

Sintomas da Anemia Aplástica: Os sintomas mais visíveis da Anemia Aplástica são sangramentos, em virtude da trombocitopenia (baixo número de plaquetas), sejam micro sangramentos na forma de hematomas na pele ou sangramentos mais profusos, geralmente mucosos. Os sintomas da Anemia Aplástica resultam da diminuição de um ou mais tipos das células sanguíneas e podem aparecer subitamente ou desenvolver-se mais lentamente.

A Anemia Aplástica pode durar pouco tempo ou torna-se crônica e pode mesmo ser fatal. Além dos sangramentos, podem aparecer fadiga, falta de ar, taquicardia, palidez, infecções frequentes, tonturas e cefaleias. A aplasia medular é dita moderada no caso do paciente responder bem ao tratamento imunossupressor e não necessitar de transfusões de sangue, ou grave, se o enfermo for refratário ao tratamento imunossupressor.

Diagnósticos da Anemia Aplástica: O diagnóstico da Anemia Aplástica é feito por meio do hemograma (exame de sangue), que relata números de hemácias, de leucócitos e de plaquetas muito inferiores aos valores de referência. Há a confirmação do diagnóstico pela biópsia da medula óssea, que, nos casos de Anemia Aplástica, apresentará uma quantidade muito reduzida de células sanguíneas.

Anemia AplásticaTratamentos Para Anemia Aplástica: A Tratamento da Anemia Aplástica dependerá de sua causa e gravidade. Se é uma morbidade a curto prazo relacionada com drogas, gravidez, doses baixas de radiação ou a mononucleose infecciosa, é provável que recupere sem qualquer tratamento.

No entanto, os sintomas podem ser tratados. Por exemplo, os episódios de sangramento podem ser tratados com transfusões de plaquetas e glóbulos vermelhos, enquanto que as infecções podem ser tratadas com antibióticos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal de Maranhão(UFMA), do CRN6-MA 16199, com Mestrado na área da Nutrição Clínica com relação ao metabolismo, prática e terapia nutricional, realizado também na Universidade Federal de Maranhão(UFMA). Atualmente trabalho no campo de pesquisa sobre a Qualidade e Inovação em Alimentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.