Peito Alan Costa

Os 5 Erros Mais Cometidos Ao Se Treinar Peito

Os 5 Erros Mais Cometidos Ao Se Treinar Peito
5 (100%) 1 vote[s]

O Peito, apesar de ser composto por apenas um par de músculos grandes, não é uma área fácil de se treinar. Não basta apenas Supino Reto e crucifixo.Neste artigo veremos algumas armadilhas que a maioria não conhecemos, e caminhos para evitá-las.

1 – Uso Excessivo do Supino com Barra: Quanto você pega no supino?” É uma das perguntas mais usadas. Apesar do supino ser o exercício mais importante, a maioria faz muitas vezes por semana, muitas séries, com poucas Repetições. Usado corretamente, é um exercício excelente, mas o uso excessivo pode desenvolver seu Peitoral desproporcionalmente na parte de baixo, dando um aspecto de “peito caído”.Levando em conta também que fazer supino muitas vezes, com muito peso e pouco repetição aumenta muito sua chance de machucar o ombro, cotovelo e até mesmo as fibras do peito.
peitoralSOLUÇÕES:

  • Pense no supino reto com barra como qualquer outro exercício, que pode ser feito em qualquer hora no seu treino, inclusive por último. (Aposto que é o seu primeiro exercício).
  • Faça séries de 8 a 12 Repetições, de vez em quando faça uma Pirâmide, chegando até 6 Repetições.
  • Se você está curioso sobre o quanto você aguenta em uma única repetição, use uma calculadora como ESSA.
  • Se você sempre faz supino reto na barra primeiro, comece com Supino inclinado na barra em um treino, e com Halteres no outro.

2 – Esquecendo da Parte Superior Do Peitoral: Ao mesmo tempo que focamos muito na parte inferior, esquecemos da superior. Essa área vai das suas clavículas até mais ou menos o meio do seu peito. Ela dá ao seu torso uma aparência de maior, e “junta” seu peito com o Ombro e o Trapézio.Essa área é naturalmente pequena em relação a parte de baixo, então todos podem priorizar a porção superior usando os bancos inclinados.

SOLUÇÕES:

  • Faça do Supino inclinado na Barra ou com halteres o primeiro exercício.
  • Faça o mesmo número de exercícios para a parte superior do peitoral (supino e Crucifixo Inclinado) e para a parte inferior( Supino e Crucifixo reto ou Declinado, ou paralelas)
  • Pratique tensionar a parte superior, isso criará uma melhor conexão do cérebro com o músculo, fazendo você sentir a área sendo contraída ao fazer os exercício.

3 – Uso Excessivo de Máquinas: Enquanto um grupo de pessoas fazem muitas séries de supino, há outros que raramente pegam uma barra ou um halter no treino de peito.Academias mais modernas possuem uma variedade muito grande de máquinas para supinos e crucifixos, mas você deve resistir a limitar seu treina á apenas movimentos mecânicos.Os melhores peitorais na época do Arnold ainda se comparam com os de hoje em dia, e naquela época os exercícios eram quase todos com o peso livre.

SOLUÇÕES:

  • Faça mais exercícios com peso livre e os que utilizam o peso do corpo
  • Não faça mais do que a metade dos exercícios na máquina.
  • Se você não consegue fazer 8 repetições na paralela, use um desses aparelhos que te dão uma ajuda. (Isso não conta como exercício na máquina)

Treino para Peito4 – Contração Falha: O lado ruim dos exercícios com peso livre é que eles dificultam a contração máxima. Quando você faz o crucifixo, há menos resistência no peito durando a parte alta do movimento ( quando você junta os halteres ) do que na parte baixa. Assim acontece na paralela, na parte alta o tríceps faz quase todo o trabalho.

SOLUÇÕES:

  • Se você faz crucifixo no Crossover, cruze as mãos uma sobre a outra. Tenta passar da metade do peito em todo exercício unilateral com o peso livre, pra aumentar as contrações.
  • Trave o peito no supino, mesmo com seu Tríceps fazendo a maior parte do esforço no final (quando a barra/halter está em cima), você consegue uma contração maior do peito fazendo isso.

5- Aumentando o Peso,Não os Músculos: – Malhar o peso é usar velocidade e momento para fazer as Repetições, forçando pouco o músculo. Não engane a si mesmo.

SOLUÇÕES:

  • Sinta a área que você irá treinar antes do exercício, por exemplo, tensione a parte superior do peitoral antes do Supino Inclinado, pra manter sua atenção nele.
  • Desça devagar, no supino, leve aproximadamente 2 segundos para descer, e de um a dois segundos para levantar o peso.

CONCLUSÃO:

  • Trate o supino como qualquer outro exercício, com Repetições de 8 a 12.
  • Priorize a porção superior do peitoral.
  • Faça primeiro exercícios com peso livre.
  • Concentre em cada contração de cada repetição
  • Pegue o peso que você realmente aguenta, não tente provar nada pra ninguém.

Fonte: http://www.simplyshredded.com/

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

comentários

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

Sobre o autor | Website

Sou Formado em Nutrição e Educação Física. Me formei pela Universidade Federal do Tocantins em 2000, com registro profissional no CRN-4 nº 1509723, tenho especialização em Nutrição Esportiva, Treinamento Físico e treinos Curto de alta intensidade.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. Henrique Gomes disse:

    Muito boa a dica.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.